1.O genoma do coronavírus mutante está disponível em tempo recorde. Grande trabalho de Brasileiros. É o 1o passo e o mais importante para produção de Vacina.

2. Em tempo recorde um teste fidedigno para diagnóstico, o teste de RT-PCR para detectar o vírus.

3. As medidas de isolamento parecem ser eficazes e diminuem a velocidade de propagação. Embora seja impossível neste momento a interrupção total.

4. Estatística atualizada: 13 vezes mais pacientes curados do que mortos, e a proporção dos casos curados está aumentando muito com novas terapêuticas.

5. Ótima notícia para as crianças: é de apenas 0,2% casos em crianças e os sintomas são tão leves que podem passar despercebidos

6. Melhor que o álcool é a lavagem das mãos 6 vezes ao dia.

7. Inédito e recorde! 164 artigos já podem ser consultados no PubMed sobre covid-19 ou SARSCov2, além de muitos outros de inúmeros artigos ainda não revisados.

8. MELHOR NOTICIA:  capacidade de projetar a vacina é espetacular. Já existem mais de oito projetos de vacina contra o novo coronavírus, inclusive um no Brasil. Existem grupos que trabalham em projetos de vacinas contra outros vírus semelhantes e agora tentam adaptar as pesquisas.

Inovio Pharmaceuticals (EUA) anunciou uma vacina de DNA sintético para o novo coronavírus, INO-4800, baseada no gene S da superfície do vírus. Por sua vez, a Sanofi usará sua plataforma de expressão de baculovírus recombinante para produzir grandes quantidades do antígeno de superfície do novo coronavírus.

9.Já existem mais de 80 ensaios clínicos para analisar tratamentos contra coronavírus.

São antivirais que foram usados ​​para outras infecções, já aprovados e que sabemos que são seguros.

Um dos que já foram testados em humanos é o remdesivir, um antiviral de amplo espectro, ainda em estudo, que foi testado contra Ebola e Sars/Mers. É um análogo da adenosina que é incorporado na cadeia do RNA viral e inibe sua replicação.

Outro candidato é a cloroquina, um antimalárico que também possui atividade antiviral potente. Sabe-se que bloqueia a infecção aumentando o pH do endossomo necessário para a fusão do vírus com a célula, o que inibe sua entrada.

Está provado que este composto bloqueia o novo coronavírus in vitro e já está sendo usado em pacientes que tiveram pneumonia devido ao vírus. Enfim: caminho aberto para tratamento muito eficaz.

10.Inegável que nunca estivemos tão preparados para combater uma pandemia.

Por: Dr. Edson Lopes Libanio

Dr. Edson Lopes Libanio é o atual Presidente da Regional Sul da Sociedade Mineira de Pediatria (pela 5º vez). É diretor Médico da Clínica Baependi. Foi diretor algumas vezes da Sociedade Mineira de Pediatria e da Sociedade Brasileira de Pediatria. Foi Auditor Médico do Ministério da Saúde por 30 anos. Foi Pediatra da SES MG. Tem inúmeros outros cargos classistas em sua história de vida, desde Diretor Clínico do HCMR algumas vezes até da diretoria da AMMG. Mas gosta de ser apresentado mesmo como um Pediatra do interior.