O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro afirmou nesta quinta-feira (12) através do twitter, que pacientes com suspeita de coronavírus podem ser postos em quarentena mesmo contra a própria vontade.

“Pacientes com suspeita de coronavírus devem seguir as recomendações médicas de isolamento e quarentena.Elas podem ser impostas compulsoriamente, com base na Lei 13979 e na Portaria 356/Ministério da Saúde”, afirmou Moro. “Mas isso não é necessário com autorresponsabilidade. A saúde pública é a lei suprema”.

No Brasil, o número de pessoas contaminadas pelo o novo coronavírus cresce a cada dia. Recentemente, o secretário de Comunicação Social da Presidência, Fábio Wajngarten,  testou positivo