Pensando na região do Lago de Furnas, o deputado Professor Cleiton solicitou a reunião 

Voltando os olhos para população do Sul de Minas e a para economia do estado de Minas Gerais, o Deputado Estadual Professor Cleiton vem lutando, desde o início de seu mandato, pela manutenção da cota 762 para o Lago de Furnas.  

No dia 12 de dezembro de 2019 o Deputado apresentou, na Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia, mais um requerimento defesa do Lago de Furnas.  Como fruto desse requerimento, acontecerá no dia 9 de março de 2020, próxima segunda feira, outra audiência pública que terá o lago como foco, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). 

Diferente da primeira audiência que o Professor Cleiton solicitou, pela Comissão de Minas e Energia, essa reunião irá debater o desenvolvimento e a situação atual do turismo náutico na região do “Mar de Minas”. Isso porque, para o Deputado, o Lago de Furnas é um patrimônio do Povo Mineiro e da Região e sendo imprescindível para a recuperação da economia de Minas Gerais, especialmente pelo seu potencial turístico. 

Tendo dimensão da importância da participação popular o deputado convida a todos que dependem de alguma maneira do Lago. O Deputado afirmou que “Mais do que nunca, precisamos estar juntos para defender o que é de direito dos mineiros. As pessoas precisam entender que o turismo, na região do Sul de Minas, tem potencial de mola propulsora para a economia mineira, consequentemente para retirar o nosso Estado da crise.”.

Professor Cleiton afirmou ainda que as baixas enfrentadas pelo Lago de Furnas têm levado muito sofrimento para a população do sul do estado. ” nos últimos tempos as pessoas têm tido grandes prejuízos ligados à pesca, ao comércio, a hotelaria e ao turismo de forma geral. O número de pessoas que perdeu o emprego por conta da situação do lago é grande e isso precisa mudar.” contou.

Vale lembrar que a audiência acontecerá na próxima segunda (9), no Auditório José Alencar, às 15h30min, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte. 

Na luta pelo Lago de Furnas – Retrospectiva do Mandato

A luta pelo Lago de Furnas teve início em março do ano passado, no segundo mês do  mandato do Professor Cleiton. Naquela época, após receber as denúncias de que as águas estavam sendo desviadas, ele apresentou o primeiro requerimento (nesta legislatura) para que fosse realizada, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, uma Audiência Pública em favor do Mar de Minas.

Na reunião, que aconteceu no dia 14 de maio de 2019, foi cobrado que a cota mínima do lago fosse cumprida. O deputado apresentou o fato de que Furnas realmente tem desviado nossas águas para abastecer a Hidrovia Paraná-Tietê e cobrando explicações da empresa. “Afinal, negociaram um bem dos mineiros sem que nenhum de nós estivesse presente”, destacou o deputado. 

Como resultado dessa audiência foi lançada a Frente Parlamentar Itamar Franco, que tem como uma de suas principais bandeiras a defesa pela cota mínima de 762 metros para o reservatório.

Já, no dia 17 de fevereiro de 2020, O mandato do Professor Cleiton apresentou na ALMG uma proposta de emenda constitucional (PEC) que estabelecerá os Lagos de Furnas e Peixoto como patrimônio do povo mineiro. Tal ato, obrigará Furnas a cumprir a cota mínima do nível da água! 

Para entender mais sobre a emenda assista o vídeo no LINK: https://youtu.be/tt0RqgPlwqc  ou acompanhe a PEC no LINK:   

https://www.almg.gov.br/atividade_parlamentar/tramitacao_projetos/interna.html?a=2020&n=52&t=PEC

                                                                                                                                            Por: Larissa Magnavita – Jornalista/ Assessora de Comunicação – Ascom Deputado Estadual Professor Cleiton

Foto: Willian Dias – ALMG