Texto publicado em portal desinforma que Bolsonaro acabará com a folia por causa da epidemia mundial. Outra mentira é de que primeiro caso seria de estudante de Minas

O novo coronavírus contaminou o carnaval a ponto de o presidente Bolsonaro cancelá-lo? Muita calma, folião, pois isso não passa de notícia falsa. Circula nas redes sociais a “reportagem” de um canal de notícias (des)informando que, por meio de decreto, o chefe do Executivo poderá acabar com o carnaval em 2020. Veja:

(foto: Reprodução// WhatsApp)

No WhatsApp, a desinformação vem acompanhada de um link para o site Painel do Mundo. O texto publicado sem assinatura menciona especialistas que existem, de fato, mas os dados sobre a epidemia mundial são confusos e pouco confiáveis.
Além disso, em letras garrafais, a publicação escorrega ao atestar que “O PERIGO JÁ CHEGOU AO BRASIL, PRIMEIRO CASO DE INFECÇÃO EM MINAS GERAIS!!” Segundo o portal, o suposto infectato seria uma estudante de 22 anos que viajou para Wuhan, na China, e que teria voltado ao Brasil em 24 de janeiro.
Informar que há pessoas infectadas no país não deixa dúvidas: trata-se de fake news. O mais recente balanço do Ministério da Saúde, divulgado nesta tarde (30/1), atesta que existem no Brasil, até o momento, apenas casos suspeitos. São nove no total.

Fonte: Correio Braziliense

Foto: Revista Amanhã