De acordo com o órgão, são 15 países com casos registrados

O diretor-executivo do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, disse nesta quarta-feira (29), em entrevista coletiva, que a entidade irá decidir nesta quinta (30) se vai declarar emergência global por causa da epidemia de coronavírus.

Ryan ressaltou que acredita que ainda seja “possível interromper a cadeia de transmissão do vírus”, mas clamou o mundo a agir e ficar alerta.

“Temos 15 países com casos registrados de coronavírus… mas o mundo inteiro precisa estar pronto para tratar novos casos que apareçam”.

O funcionário da OMS elogiou os esforços do governo central da China e de Wuhan, cidade que é o epicentro da epidemia, para conter a propagação dá doença. Ele disse que a fonte que gerou o surto ainda não está esclarecida.

Com 132 mortes confirmadas na China e quase 6 mil contaminados, o número de infectados pelo surto atual de coronavírus já superou o do Sars, entre 2002 e 2003. A letalidade, no entanto e até aqui, é menor, já que mais de 700 foram mortos pelo surto do começo da última década.

Fonte: OMS