A espécie é altamente venenosa e encontrada principalmente no sul da China e sudeste asiático.

Autoridades chinesas já confirmaram que o vírus também é transmitido entre humanos pelo trato respiratório.

A doença foi registrada pela primeira vez no final de dezembro de 2019 em Wuhan, cidade localizada na região central da China, e já se espalhou para o Japão, Coreia do Sul, Tailândia, Taiwan, Filipinas e Estados Unidos.

Até esta segunda-feira (27), 17 mortes foram confirmadas e mais de 500 casos da doença foram diagnosticados.

O coronavírus provoca febre e problemas respiratórios graves, como pneumonia.

Fonte: Metrô Jornal